Sáb08192017

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

José Nivaldo Cordeiro

José Nivaldo Cordeiro

José Nivaldo Cordeiro é economista e mestre em Administração de Empresas na FGV-SP. Cristão, liberal e democrata, acredita que o papel do Estado deve se cingir a garantia da ordem pública. Professa a idéia de que a liberdade, a riqueza e a prosperidade devem ser conquistadas mediante esforço pessoal, afastando coletivismos e a intervenção estatal nas vidas dos cidadãos.

Domingo, 30 Julho 2017 12:26

GYPSY - A SÉRIE

 

 

 

A história da filha com tendência masculizante é acessória e fora do contexto do conjunto, mas também poderia ser utilizada para a exploração mas profunda da personagem. Infelizmente faltou erudição à roteirista para compor o quadro como uma obra prima da TV. Uma lástima.

Terça, 18 Julho 2017 14:16

CRISE ECONÔMICA E CRISE POLÍTICA

 

 

 

O calendário político e o desenrolar dos últimos acontecimentos, especialmente com a condenação de Lula na primeira instância judicial, aponta para um desfecho rápido do desatar do nó da representação. Está acontecendo um terremoto no sistema político, com as revelações dos que optaram pela delação premiada.

Sexta, 14 Julho 2017 14:55

O BRASIL PÓS LULA

Ao PT agora resta ou assumir de vez sua face revolucionária e, ato contínuo, eleger a violência como instrumento de chegada ao PT, ou se enquadrar na legalidade e se tornar um partido nanico, sem bandeiras e sem recursos. O ajuntamento de revolucionários que se tornou a sigla poderia então se dissolver, pois já não teria serventia para os propósitos revolucionários.

Terça, 23 Maio 2017 11:00

O CASTELO DA CLT

As leis que compõem a CLT formam uma frondosa construção de direitos falsos que enrijecem o mercado de trabalho, assim como a legislação da Previdência Social.

Quinta, 16 Março 2017 21:56

ABRE OS OLHOS, PADILHA!

Para resolver os problemas éticos do Brasil, Padilha, é preciso primeiro reconhecer a sua dimensão. Refaça seu artigo com os subsídios que aqui lhe envio. Será o começo de uma fecunda discussão. A dureza da realidade é o ponto de partida para se chegar à verdade dos fatos.

Quinta, 02 Março 2017 15:14

DO CONSERVADORISMO

 

 

 

Ao contrário do que pensa Karnal, ser conservador não é tentar aperfeiçoar o movimento revolucionário e lhe dar a mínima racionalidade para que sobreviva na subversão. O maior dos movimentos revolucionários foi a Reforma religiosa e a maioria dos autores citados por Karnal são filhos dileto de Lutero e jamais discutem esse ponto.

Terça, 21 Fevereiro 2017 15:47

O VOTO E O CONCURSO

 

 

 

O STF e outros membros do Poder Judiciário têm usurpado a ação dos representantes do povo, dando-se a si mesmos poder delegado que não possuem, nunca possuíram.

Terça, 07 Fevereiro 2017 16:38

O BRASIL MUDOU

 

 

 

Pode parecer senso comum dizer que o Brasil mudou. Digo o Brasil real, não a percepção do que dele temos. Desde 1985 os governos, em suas diversas instâncias, foram entregues a quadrilheiros irresponsável, os quais queriam, os mais brandos, apenas enriquecer rápido roubando o Estado ou fazendo negócios, intermediando tudo com o Estado.

Sexta, 13 Janeiro 2017 21:50

O COMPLEXO DE HELENA

 

 

 

Resistir ao arquétipo é bem difícil. A força que surgiu contra a “voz de sereia” está no Cristianismo, cujas histórias femininas exaltam a virgindade e o ascetismo, o oposto da exaltação erótica pagã. O cristianismo, todavia, está em baixa e não tem servido mais de escudo contra a erupção das forças infernais. Cenas trágicas como essa de Jaboticabal estão cada vez mais frequentes.

Sexta, 23 Dezembro 2016 14:50

MENSAGEM DE NATAL - 2016

 

 

Desejo àqueles que me acompanham durante o ano um Feliz Natal na Esperança sempre renovada nas promessas do Cristo. Que o Ano Novo seja o portador dos ventos da prosperidade e da paz social. Que a Paz do Cristo esteja com todos nós, nesse mundo conturbado e violento em que vivemos, nesses tempos de grandes perigos.

Pagina 1 de 35
  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.